sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Do que se diz sobre quem não ler...

É engraçado, o Brasil definitivamente não é um país de leitores. Sim, eu quero que o Brasil venha a ser um país com mais leitores, luto por isso, faço campanha, divulgo idéias e tudo e tal.

Acredito na ideia de ser a leitura um jeito interessante de adquirir conhecimento e cresce como ser humano. Desde os sete anos sou apaixonada pela leitura e isso é tão central que minha mãe lembra minha primeira palavra lida e não lembra a primeira palavra falada.

MAS...

Eu me pergunto todos os dias se para exaltar as possibilidade da leitura é preciso mesmo desqualificar, desvalorizar, ridicularizar, menosprezar e classificar como menor toda e qualquer cultura que não seja escrita.

Me perdoem, mas eu não consigo deixar de me irritar quando vejo coisas como:


Ou:


Sinceramente, o habito de ler em si não nos torna mais humano que uma pessoa que não ler.

Gostar de ler não nos torna superiores a nenhum outro ser humano na terra.

Manipular a norma culta como se tivesse engolido a gramatica não nos torna seres elevados, nobres e justos.

Pessoas que não leem pensam sim e como pensam, sentem, lutam, constroem coisas lindas, reflexões lindas.

Analfabetos não são idiotas feitos para serem enganados, pessoas letradas também são enganáveis, manipuláveis, vulneráveis em vários sentidos.

Sinceramente [2] o lugar no qual eu conheci o maior percentual de pessoas altamente letradas foi também o local no qual eu conheci mais pessoas traiçoeiras, mesquinhas, dadas a falsidade, sem nenhuma capacidade de ter empatia com o outro e nada confiáveis.

Eu DETESTO esse suave desprezo que as vezes percebo nas pessoas letradas em relação as iletradas.

E nesse meu momento de mal humor reafirmo algo que já disse antes:


"Eu não acho que ler apenas expulse do espirito de alguém a ignorância.... Conheço tanta gente altamente letrado, com títulos e mais títulos que é um poço sem fundo de ignorância.

Conheço gente que ler tanto e não tem caráter, humilha, massacra com uma facilidade tremenda pessoas que não tiveram acesso a uma formação igual a sua.

Ler é bom, alarga os horizontes, eu não sei o que seria de mim sem a leitura, MAS, existem coisas que os livros não ensinam.

Limites, empatia e senso de responsabilidade por exemplo, nenhum livro me ensinou isso.

Quem me ensinou limites foi meu pai que não foi além do primeiro colegial e aprendeu a ler motores, rodas e estradas e não livros.

Empatia, essa coisa que te faz cuidar dos mais frágeis quem me ensinou foi Voinha que era analfabeta.

Senso de responsabilidade foi Dona Gilda, Mãe, quem me ensinou e nunca a vi com livro algum.

E a suavidade de um beijo, a força de um abraço, a alegria de ouvir uma voz querida a de ser ouvido por alguém foi minha mãe quem me ensinou e ela apenas terminou o ensino fundamental e desde que se tornou mãe abandonou os romances da Nova Cultural."

15 comentários:

  1. Não encarei teu post como um momento de mau humor. Senti um boa reflexão e por vir de uma leitora assídua que sei que você é, tornou este um belo post.
    Meu pai me trazia livros, nunca o vi com um.
    Tiana, a voinha de meus filhos é analfabeta e um poço que jorra histórias e sabedoria.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. " Minha mãe achava estudo
    a coisa mais fina do mundo.
    Não é.
    A coisa mais fina do mundo é
    o sentimento. "

    Adélia Prado

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você. Existem outras formas de cultura, conheço pessoas que nem sabem ler mas são um infinito poço de cultura e educação. Mas acho que têm alguns casos que irritam. Tiro por alguns do jovens de hoje em dia! Sabem ler, não leem nada e têm uma mente tão rasa. Quando eu penso que a leitura faria muita falta e outros que não leem não sabem do que eu estou falando, eu me refiro às estes seres aí. Têm tudo na mão, mas pouco fazem.

    Malú I am.

    ResponderExcluir
  4. E o que posso dizer mais? Você está coberta de razão.
    Aqui foi usado pessoas que lê e não lê, mas serve para outros exemplos também. Não gosto de ver pessoas julgando outras, por gostos diferentes, sabe? Não sei se me fiz entender... E também não digo que nunca fiz isso...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Concordo do começo ao fim! Também acho isto uma pretensão sem tamanhos - e como você, o lugar onde mais encontrei gente metida a besta foi onde, dizia-se, deveria ser as mais sábias.

    ResponderExcluir
  6. Jaci bom dia!

    Valeu o que aqui postou, para que não só aqueles que tenha averção aos não letrados, mas a todos nós que por este mundo vivemos.

    O ser educado não depende somente do ler, para saber qual é o valor de quem sabe respeitar os demais.

    Muitos dos que se julgam superiores aos demais,jamais entenderam o valor do respeitar...e de onde surge a melhor educação...por isto; escrevem frases que ridiculariza o seu proprio saber.

    Abraço e um bom final de semana a você.

    ResponderExcluir
  7. Concordo totalmente contigo!! E ainda bem que essa opinião vem de alguém como você, que ama leitura.

    Eu confesso que olho para o ser humano, não se ele faz isso ou aquilo. Cada vez mais tento ter um olhar mais para a essência da pessoa. É fácil fazer isso? Dificil demais, tanto que treino um pouco a cada dia para me aperfeiçoar, para não ficar separando pessoas em grupos, bem como você mostrou no seu texto. O que não deixa de ser preconceito dessas pessoas, e preconceito á a trava do progresso espiritual do ser humano.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  8. Pan, concordo com você.
    Só que infelizmente existem pessoas (como eu) que não destreza manual para manusear um livro impresso... para nós ;-) criei o E-Library... existe algum texto seu que eu possa publicar lá?
    Meu e-mail está disponível no meu perfil do blogger.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pandora.
    Concordo em parte. Há uma diferença entre quem não lê porque não teve oportunidade de aprender ou de ter livros e quem não lê porque não se interessa.
    Claro que ler não torna ninguém superior. Também conheci pessoas interessantíssimas que não tiveram as mesmas oportunidades que eu, mas que têm uma sabedoria que absorveram das experiências vividas. Mas ver uma pessoa que estudou em escolas particulares, mora em um bairro nobre, formou-se na faculdade, mas não lê porque não quer, não se interessa, tem preguiça etc é duro de aceitar! Faço de tudo para tentar fazer essas pessoas gostarem de ler, mas muitas vezes não adianta e isso me incomoda!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Pan, tem meu apoio total! Ler nunca significou ser superior, só nos ensina a "ler" o mundo melhor, inclusive ampliando nossa empatia com quem nos rodeia. Só pra saber nunca gostei do Paulo Francis, gostava da polêmica pela polêmica, então tirar uma frase solta de um contexto já demonstra uma certa ignorância. E eu muitas vezes prefiro confiar em quem não lê!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  11. Uma das cuidadoras da minha mãe sempre tinha nas mãos um livro de oração. Também costumava ler os jornais do dia. Mas, confessava envergonhada que não sabia escrever porque as mãos calejadas não obedeciam a cabeça. Neste tempo que convivemos foi foi quem mais me ensinou e me fez compreender o que é generosidade e esta lição eu não aprendi nos livros.

    ResponderExcluir
  12. Nossa Pandora que lindo..
    Eu adorei tudo o que escreveu e o modo como falou sobre pessoas que não tem tanto o hábito de ler, ou de pessoas que infelizmente por algum motivo não tiveram o prazer e a oportunidade de conhecer o mundo da leitura..
    Com suas palavras mais uma vez noto a pessoa linda que você é, a pessoa especial, justa..
    Como sempre fico aqui admirada com a facilidade que tem com as palavras e como expressa bem aquilo que pensa..

    Por isso é essa menina que admiramos..
    Sabe que gosto de você por demais né?

    Esses dias estive um pouco ausente, minha vida está uma loucura, mas nunca deixo de lembrar de você.. e desse cantinho fofo que amo..

    Outro dia estava no mercado e enquanto estava na fila, comecei a olhar as revistas e achei um livro de receitas nordestinas, lembrei de você na hora.. e trouxe o libro comigo..
    Tem cada delicinha.. quando eu fizer alguma delas eu venho te avisar viu?
    Acho que essas o seu pai vai gostar srrs

    Um beijo minha linda e uma semaninha mais que linda viu?

    ResponderExcluir
  13. É mesmo um equívoco sem tamanho achar que se é superior à outra pessoa só pq leu isso ou aquilo. Conheço pessoas que mal pisam no chão e olham torto mesmo para aquele não tão letrados quanto elas. Mal percebem o quão ridículas estão sendo.
    Achei o seu post perfeito, um tapa na cara de muita gente que merece.
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  14. Gostei do texto, excelente. Concordo, mas gostaria que meus vizinhos lessem mais, quem sabe assim respeitariam o direito aos próximos de tentarem usufruir um pouco mais de sossego.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria que o mundo lesse mais Carlos, não apenas meus vizinhos, mas respeito quem não gosta!

      Excluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.