sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A passagem aumentou, mas...

Todo Tempo!
Semana terminando, mês começando... e eu aqui fazendo as contas de começo de mês e pensando, desde que estou de licença do meu trabalho passei a ter uma nova despesa: "as passagens de ônibus", como vou quase todos os dias ao arquivo continuo a ser uma assídua cliente da Grande Recife, só que dessa vez, mesmo que pela metade a passagem sai do meu nobre bolsinho de bolsista Capes.

É incrível como aumenta o preço da passagem, mas a qualidade do transporte público em Recife continua a mesma porcaria, se deslocar de sua casa para o trabalho é uma verdadeira saga, se o arquivo for no centro se prepare para o aperto... Sete hora da madruga (a manhã só começa as 9 rsrs.. ) e o ônibus já tá pior do que uma lata de sardinha, aliás, outro dia fui dizer isso e o senhor que estava ao lado olhou pra mim bem de "cima pra baixo" e disse "na lata de sardinha tem mais espaço". #RiMuito


E se subir e seguir viagem é uma aventura, descer não fica pra trás, porque em um ônibus lotado você não desse você é vomitado para fora, aperta aqui, espreme ali... Joga, empurra, escorrega, acutuvela, machuca o ombro que doí e pluf! A pessoa é jogada fora do ônibus, só falta cair no chão de joelhos respirando desesperadamente o sagrado ar poluído da urbe \o/  #Exagerada


E esse espreme, sufoca, empurra é quando você precisa ir no centro de Recife... Quando a minha direção é outra eu faço integração e aí coisa muda, porque ai eu vou pegar o ônibus no terminal então ele sempre está vazio e eu posso sentar na minha cadeira de sempre... O  único problema é que o terminal do meu ônibus é temperamental e bipolar, ou seja, todo dia ele está em um lugar diferente, um dia o ônibus desce no outro dia não, ele fica lá em cima e quando ele não desce advinha quem tem que subir?!?!?! o/ Pois é... eu e mais mil (táh exagerei, não chega a mil rsrsrs...; ), mas é bastante gente...

Mas bem, se o lugarzinho de sempre é garantido no ônibus 1, no ônibus 2 nem pensar... O ônibus 2 é sinônimo de guerra!!!


Na hora que a porta abre todo mundo vai pra cima é o maior tumulto. Lembro que quando comecei a pegar ônibus a multidão me assustava eu morria de medo, chegava a passar 4 ônibus antes de diminuir o volume de pessoas e enfim eu embarcar... Depois de um tempo isso me cansou, o espirito da brutalidade entrou em mim e sim, hoje eu sou uma mulher diferente!


Eu não sou do time que corre assim que a porta abre, eu sou do time que respira fundo, olha a multidão em cima da porta e encara! Larguei o medo da multidão em algum lugar e não encontro mais, parei de fazer o tipo assustada, agora eu vou fundo conquistar o meu lugar, quase sempre espremida próxima a porta no meio das pessoas mais gaiatas do ônibus que fazem muita piada com a situação! #PiorQueDiverter


Ah, e não vamos esquecer o passa tempo da viagem, porque não basta subir ladeira no sol, enfrentar uma multidão para entrar no ônibus, levar cutuvelada, ter seu braço machucado, ser amassada e espremida mais que uma sardinha em lada, você ainda precisa ouvir a seguinte canção:


"Eu quero ouvir o grito só das novinhas que transa
eu... eu...
será que tem novinha aí que quer fazer amor?
eu... eu...
quando o bonde chega as novinhas dizem o quê?
quero desandar, quero desandar
hoje ninguem é de ninguem e a orgia vai rolar
a bilheteria estorou aqui ta cheio de novinha
de blush e de franjinha e de blusa decotadinha
ta tudo pegando fogo abana a checa das novinhas...
tem novinha aí que papai ainda balança
chupetinha na boca dar a maior manha
as novinhas de hoje não querem nem saber
as filhinhas de papai tão botando pra...
quando chega no brega toma wisky e red bull
desce até o chão e rebola o bum bum
chega de madruga e pula a janela
o pai dela ta dormindo... levou um boa noite cinderela"

20 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkk. É cada vez mais problemático andar de ônibus. O único horário que eu n pego bus cheio é quando vou pra faculdade a tarde, pq as outras vezes é uma verdadeira guerra. A melhor viajem e ir pra tua casa pq são logo 3 que eu pego ai já viu. Mas falando do aumento, ainda tenho vontade de morder um que critica os estudantes e trabalhadores que estão fazendo protestos, poxa será que é tão difícil as pessoas entenderem que devemos sim lutar pelos nossos direitos, que é nosso direito um transporte público de qualidade, nós pagamos tantos impostos e não vemos o retorno. Enfim, adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. huahuahua tadinha, fico com pena de ti mas é bom ver que mesmo nessa difícil situação você não perde o bom humor!
    Também já passei muito aperto no ônibus e no Trensurb (metrô de superfície da área metropolitana de POA). Ainda bem que o nível das músicas não era tão baixo na época. Mas passei por uma situação... kkkk eu e minhas histórias loucas... conto noutra hora!
    Ainda bem que aqui eu não passo por esses problemas. O busão é velho e às vezes fica sem lugar para sentar. Mas sempre é possível bater um papo para descontrair e o tempo passar mais rápido, né?
    Chique mesmo são alguns ônibus de POA, com ar condicionado e TV. Aqui não tenho essas regalias.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Jaci!

    Só de me ver em seu lugar, comecei a passar mal! puts grilo menina, que sufoco! E quanto estas boboseiras que a midia divulga e o povo aceita, só tenho algo a dizer! Em quanto existir pessoas que compram os cds, que contenha (letras...) estapafúrdias, eles continuaram despejando em nossos ouvidos estes besterol, que as divulgam, como sendo as melhores coisas que um compositor musical tem para nos oferecer.

    Jaci! Vou deixar minha indignação de lado e desejar a você, um excelente final de semana, para que possas recompor as energias perdidas, neste sufocante cotidiano que tens de enfrentar.

    Abraços e até +.

    ResponderExcluir
  4. Ah querida! transporte público não funciona em nenhum lugar desse país :(

    beijo e ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkk...ai meu Deus, morri de rir. Saudades de quando o bonde eram usados por pessoas que não ouviam musica sobre os bondes...óooh vida!

    ResponderExcluir
  6. Já sofri muito em ônibus. Meu primeiro emprego em que trabalhei 6 anos, levava duas horas para chegar nele e pegava duas conduções extremamente lotadas, daquelas que se tu tirar o pé não consegue colocar de volta e no verão era pior, porque além do calor infernal, acrescentavam os banhistas que iam para a praia.

    Hoje em dia dou graças a Deus por trabalhar na rua que moro, é uma dádiva!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Pan, para mim um ônibus lotado e no calor é quase um inferno na terra, ninguém merece!
    bjs e boa semana
    Jussara

    ResponderExcluir
  8. Acredite, não é só em Recife!

    Vamos rir pra não chorar!

    ResponderExcluir
  9. Assim você me traumatiza, garota. Moro em cidade pequena onde a maior distância é meia hora de bicicleta, mês que vem estou me mudando para a capital para fazer faculdade e vou ter que pegar muito ônibus até começar a conseguir carona. Sério que é assim? Que medo! D:

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. O melhor de tudo foi o poema do final. Eu fujo da multidão rss só peguei o trem umas 4 vezes pra nunca mais, se eu puder evitar. É um abuso de tão lotado, e os caras da empresa supervia até empurram os cidadãos.

    ResponderExcluir
  11. Aqui em BH, acontece a mesma coisa. Já sofri muito com ônibus lotado. Felizmente, de uns tempos pra cá, não pego mais ônibus na hora do rush- pego-o vazio. E há um ano que não vou no centro da cidade, felizmente.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite.

    Com ônibus é isso mesmo. Cada vez mais caro, e menos espaço.
    Antes de eu me aposentar, cada dia era um tremendo stresse.

    Tenha uma linda semana.

    Beijos.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderExcluir
  13. Olá querida, quanto tempo não passava por aqui...
    Mas é desse jeito, acredito que em todos as cidades, desse país!
    Sempre que vou em Fortaleza, acredito que não exista sistema pior. Os ônibus lotados, já cheguei a ir na praticamente na porta... arriscando a vida, para não perder aula! Coisa que não faço mais. Os motorista, uns loucos, trata-nos como se fossem bichos, uma loucura.
    Sou indignada.
    Desejo uma linda Semana, cheio de muita felicidade e AMOR.
    Convido para participar do 1º sorteio que está havendo no meu cantinho, foi feito com muito afeto, para meus queridos leitores: http://pequena-prendiz.blogspot.com/2012/02/sorteio-e-afeto.html
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Ai menina, nem se fala viu? É uma loucura esses ônibus
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu também estou indignada, a passagem aumenta , mas e a qualidade da viagem ? Não tem, só piora a cada dia.

    Estou seguindo o seu blog...

    obrigado pela sua visita, volte sempre, é uma honra , acredite! tem novidades por lá, confira em www.spiderwebs.tk <3

    ResponderExcluir
  16. Jaci amiga, aqui em SP pagamos 3 reais e andamos como sardinhas tb!! Não só no ônibus como tb no metrô! Não tem escapatória! O pior são as encoxadas que nunca são de um algum galã de cinema! Mas força na peruca!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. O problema do transporte urbano é geral. Acho que a minha cidade é a única que não tem este problema.
    Moro em uma cidade com 500mil hab. e a hora de maior movimento ainda é tranquila.rsrsr

    ResponderExcluir
  18. Aqui na minha cidade é assim também, mas só nos horários de pico, principalmente as 17hrs.
    Agora quanto as belas canções que a gente escuta a solução e colocar um fone de ouvido com música de verdade no último volume (é o que eu faço)
    Amei o post, quando não podemos mudar uma situação ruim o jeito e rir dela né!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Quanto as músicas , eles vão para o cd's pq tem pessoas sem formação que ainda compram. Confundirão a liberdade de expressão.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. É um absurdo mesmo. Sou usuário desse tipo de transporte e vivencio na prática o descaso, o desconforto, os atrasos e todos os infortúnios que os ônibus proporcionam aos passageiros. Se a passagem aumentasse e junto a isso aumentasse proporcionalmente o conforto, seria bom. Mas não é o que acontece e o povo ainda não consegue enxergar essa dicotomia!

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.