quarta-feira, 25 de junho de 2014

Top 10 Livros do Primeiro Semestre de 2014

Nos seis primeiros meses de 2014 consegui o feito de ter lido o dobro da quantidade de livros de 2013. Então, imitando descaradamente o Luciano do .Livro, resolvi fazer uma lista dos meu "Top 10 dos Livros Mais Marcantes Livros de 2014.1". Esse vai ser um post longo.


"Nebulosidade Variável" de Carmem Martin Gaite - 372 páginas - Companhia das Letras

Esse livro é daqueles inesquecíveis, ele me fez companhia ao longo dos dois últimos anos. Nele Carmem Martin Gaite nos apresenta um romance epistolar no qual se conta a história de duas amigas de infância (Sofia e Mariana) cuja vida separou durante anos e tratou de unir novamente. Através da escrita de suas cartas Sofia e Mariana repensam suas vidas e encontram coragem para tomar novos rumos, ajeitar a vida e nos convidam a fazer o mesmo. Uma hora eu me identificava com Sofia em outra com Mariana e atualmente está difícil devolver o livro a Vaneza. Quando fui fazer a imagem para colocar no post juntei tudo o que o livro representa para mim, coisas do presente, do passado distante ou recente e projetos para o futuro, lembranças doces e amargas, sonhos realizados, não realizados e por realizar. Vou levar essa história comigo para sempre.


"A menina do fim da rua" de Laird Koenig - 193 páginas - Círculo do Livro

Esse com certeza é um dos livros mais sintéticos, limpos, bem escrito e coeso que já li. Incrível como Laird Koenig consegue escrever sem deixar nem mesmo um pronome sobrar. Denso sem ser pesado, nele se conta a história de Rynn, uma menina de 13 anos, leitora voraz, independente, auto-suficiente e cheia de mistérios. Junto com o garoto Mario, um magico, vamos descobrir o que ocorre no primeiro ano do resto da vida dela.








"Sushi" de Marian Keyes - 574 páginas - Bertrand Brasil.

Como o gênero "chick it" convida a supor, esse é um livo leve. A Marian Keyes é despretensiosa em sua escrita, divertida, prolixa até não mais poder. Mas, brincando e nos fazendo ri, ela acaba discutindo vários dilemas práticos femininos do século XXI, ela faz algo muito parecido com o que Jane Austen fez no inicio do século XIX. Devia ser legalmente proibidos aos homens lerem Marian Keyes. Me identifiquei até não mais poder com a Ashling e estou louca para reler "Sushi". Mi, obrigada obrigada obrigada, três vezes, porque 3 é um número magico para mim, por trazer a Marian para a minha vida.






"O Oceano no Fim do Caminho" de Neil Gaiman - 208 páginas - Intrínseca

Há quem diga que esse livro é uma fábula, o Rafael Castro garante ser ele um conto de terror, alguém pode dizer que é uma história fantástica, mas eu digo: o livro é um fio, uma ponte. Ao contar a história de como um garoto viveu uma experiencia fantástica conhecendo os limites da vida e da morte Gaiman teceu um fio através do qual qualquer pessoa de boa vontade pode ser levado até as suas memórias de infância. Não foi sem choque que percebi o quanto me identifico com o garoto da história.

Mais sobre esse livro em: Sobre "O oceano no fim do caminho" [Desafio Calendário Literário"]



"Ex-Libris" de Anne Fadiman - 162 páginas - Jorge Zahar 


Se você viveu aventuras com os livros, ama os livros, tem histórias sobre livros a contar, se permita conhecer as histórias da Anne Fadiman, você vai ri muito, arregalar os olhos, se enternecer bastante. E, se for uma leitora voraz do tipo romântica, vai sentir uma inveja danada da mulher, afinal ela conseguiu alguém disposto a juntar seus livros aos dela para compor uma biblioteca fantástica. Se você já encontrou alguém para juntar os livros dele aos seus então você vai sentir uma grande empatia com ela... #IndicoDemais

"Turma da Mônica: Laços" de Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi - 84 páginas - Panini.

Esse foi um dos mais lindos Grafic Novel que já li. Impressionante como os irmãos Vitor e Lu Cafaggi conseguiram capitar a essência da "Turma da Mônica" e escrever uma história cheia de ternura, carinho, lirismo e bons sentimentos. Em "Laços" eles contam a história de como o cachorro do Cebolinha some de casa e toda a turma se junta para ir atrás dele. Na história está em destaque as principais características de cada personagem da turma, a saber: a capacidade criativa do Cebolinha para criar personagens e planos infalíveis, o temperamento explosivo da Mônica, o jeito tranquilo e precavido (especialmente em relação a comida) da Magali e a forma como o Cascão consegue reaproveita/reciclar qualquer coisa. É um orgulho ver um trabalho assim escrito em língua portuguesa.

Mais sobre esse livro em: " Resenha 082 - Turma da Mônica: Laços"

"Os Pequenos Perpétuos" de Jill Thompson - 52 páginas - Brain Store.

Esse livro foi presente do Rafael, uma memória material de nosso encontro. Nele Jill Thompson resgada os personagens clássicos do quadrinho "The Sandman" de Neil Gaiman e constrói uma história super fofa na qual a protagonista é a Delírio, a mais nova dos irmãos Perpétuos, e o seu cachorro Barnabas. Pense em um texto delicioso e encantador. Pensou? Pois é, esse é o que a Jill escreveu aqui. Indico muito, a crianças de todas as idades.

Ah, em tempo, "Os Perpétuos" são Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio, eles sintetizam os principais aspectos da vida, existem desde a aurora dos tempos e moldam a realidade em todos os mundos.



"Sailor Moon #1" de Naoko Takeuchi - 240 páginas - JBC.

Quando finalmente abri e li o tão aguardado volume 1 da "Sailor Moon", mal consegui conter a emoção, faltou pouco para chorar. Foi um tipo de presente da mulher que sou a menina que fui. Bastou ver o Tuxedo Mask e a Usagi para sentir uma onda de amor e ternura invadindo meus olhos, coração e alma. Foi como voltar no tempo e ser novamente uma garota. Eu amava o Tuxedo, Endymion, Mamoru, Endymion... E sei lá o nome dele, só sei que olhando assim acho que ainda amo.

Tem coisas da infância que nos acompanham para sempre! Que bom!



"Jogos Vorazes" de Suzanne Collins - 397 páginas - Rocco - Jovens Leitores.


"Jogos Vorazes" é classificado como infanto-juvenil e certamente a Suzanne Collins construiu um texto com linguagem simples e definitivamente seus personagens são adolescentes. Porém a forma como ela abordou questões de sobrevivência, relações humanas e a influencia da mídia na sociedade do espetáculo na qual vivemos cruzando tudo com uma trama de ficção cientifica elevou o seu texto a qualquer coisa que exige comprometimento e atenção levando o leitor a um grande nível de envolvimento afetivo. Sua leitura me deixou com uma ressaca literária monstro e eu digo sem medo de ser feliz esse é um livro épico da introdução a conclusão!


"Quando Tudo Volta" John Corey Whaley - 224 páginas - Novo Conceito.

John Corey é um autor de escrita fácil, fluida, ele escreve como se estivesse conversando com você. Nesse livro ele conta a história de algumas pessoas que viveram um verão muito estranho na cidade de Little no interior do Estados Unidos. Litter é o tipo de lugar tranquilo do qual os pós-adolescentes anseiam fugir, para qual os jovens costumam voltar e os velhos se conformam em se deixar ficar. Mas em um verão desses se levanta a hipótese de que um animal extinto reapareceu na cidade e tudo muda por lá. Uma agitação percorre o ar. Mas, o que movimenta a trama da vida cotidiana de Cullen Witter, o protagonista dessa história, seu melhor amigo Lucas e sua família não é o aparecimento desse animal e sim o sumiço de seu irmão caçula.

"Quando tudo volta" é uma leitura que convida a desacelerar, a pensar. a ponderar.... Os seus personagens são tão humanos em seus limites, virtudes e fraquezas que nos cativam. Foi fácil me senti a amiga de Cullen, Lucas, Mena e até da Ada. Deixá-los após a 220ª página entregues a continuidade de suas vidas chegou a ser doloroso, esse é o tipo de livro cujos personagens permanecem comigo muito tempo depois do fim da leitura, talvez até para sempre.

Mais sobre esse livro em: "Resenha do livro " Quando Tudo Volta " de John Corey Whaley"

Bem, essa foi minha lista, nem acredito que já se foi o primeiro semestre de 2014, como disse Cazuza, "o tempo não para" e você que passa por aqui, qual foram os melhores livros lidos esse ano? 

11 comentários:

  1. Da sua lista foi para a minha Sushi que há algum tempo ando com vontade de ler e também Quando tudo volta .
    Para mim, o melhor que li até agora foi O Blackberry de Hamelet ( uma pegada de desconexão virtual! )
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. parecem ser bons. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Oi, Pandora.
    Jogos Vorazes é muito bom mesmo, e também fiquei feliz com meu mangá Sailor Moon. Nostalgia e muito amor! :) Ainda vou ler O Oceano no Fim do Caminho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não li nenhum desses!! Laços ouvi falar que é muito bom, uma produção acertada e de bom gosto. Sailor Moon acompanhei o lançamento no Twitter... lembro do desenho que assistia na infância :)

    ResponderExcluir
  5. Pandora, uma lista invejável de leituras. Gostei muito e vou levar alguns commo sugestão pois leio muuuito.
    Um abraço e linda noite!

    www.euflordealfazema.com

    ResponderExcluir
  6. Uma lista bem eclética, Jaci. Ando lendo bem, mas leio pouco por dia, então demoro mais. Atualmente estou lendo Izabel Allende, que só "descobri" agora. Quer dizer, conhecia a autora, mas não tinha lido nada dela ainda. Gostando muito do estilo dela.
    Li todos os livros da Marian, o último foi "É agora ou nunca", onde ela sai das histórias das irmãs Walsh. Divertido e romântico, na medida certa. Boas leituras, Jaci. Beijo!









    boas









    ResponderExcluir
  7. Que bom que fez sua lista! Eu adoro listas, elas dão trabalho para serem compiladas, mas são uma boa oportunidade de mostrar a um terceiro obras que eles podem não conhecer! Como foi meu caso. O "Ex-Libris", desde que o vi no Instagram, fiquei interessado por ele, e, se não falha essa memória que tem falhado muito, faz tempo que não leio livros sobre livros. Assim como o "A Menina do fim da Rua", fiquei curioso.

    Agora, fiquei extremamente feliz com o "Quando Tudo Volta" listado aqui, eu gostei muito desse livro, ele mexeu comigo de formas impensáveis, o John Corey tem que escrever mais alguma coisa logo!

    E esta semana acho que começo Sailor Moon ;) espero gostar. Assim como pretendo pagar meus débitos com o Gaiman.

    Mais uma vez, que bom que fez a lista. E fiquei muito grato, enternecido, por ver o nome do blog na barra ali em cima, as portas do meu cantinho estão sempre abertas.

    Que o segundo semestre seja ainda mais produtivo ;) Dois abraços.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelas indicações. O problema é que a minha fila dos livros que comprei e estão à minha espera é enorme.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pandora!
    Não sei o que acontece, mas esse ano estou sem tempo para a leitura e os livros estão enfileirando. Isso não é bom! Sei lá, parece que o tempo encurtou e com tantos feriados piorou, eu viajo ou a casa enche :D Da minha meta, talvez tenha alcançado a metade comparando com o ano que passou. Mais livros técnicos, pois esses não tenho como fugir. Na verdade, estou lendo 4 livros ao mesmo tempo e esse não é um bom exemplo. Da sua lista estou levando ex-libris como sugestão e vou procurar por Sailon Moon - sabe que tenho em casa muita coisa da Pretty Soldier? (rs*)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler O oceano no fim do caminho. Há meses li resenhas e escutei falar bem, mas ainda não encontrei um espaço...

    ResponderExcluir
  11. Own, tão lindo ver Jogos Vorazes nessa lista depois de tanta encheção de saco por minha parte! Ainda preciso ler Quando Tudo Volta e Laços, estão na minha wishlist, e eu ganhei A Festa de Delirium de aniversário e me apaixonei! Os Pequenos Perpétuos é a próxima compra!

    Adorei o post, to considerando copiar no meu blog tb hahahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir