terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Sobre vencer problemas...


"Vencer problemas nem sempre significa eliminá-los, mas saber ser feliz apesar deles."

Tudo que não desejo esquecer eu gosto de escrever, a alguns minutos atrás eu entrei no Twitter e comecei um breve papo com a Meri Pellens a respeito de um personagem lindão de uma novela global que ficou paraplégico e despachou a namorada, amor da vida dele e derivativos e tal...

Nos começamos a expressar nossa revolta em relação a isso, afinal toda vez nas novelas é assim, a pessoa fica  paraplégica, mas só consegue ser feliz quando volta a andar, quando resolve todos os dilemas e etc e tal e no meio do papo a Meri me lançou a queima-roupa esse pensamento: "Vencer problemas nem sempre significa elimina-los, mas saber ser feliz apesar deles."

Realmente nem todo problema é passível de solução, tem coisas com as quais nós temos que aprender a conviver, a enfrentar diariamente e aprender ser feliz apesar delas.

14 comentários:

  1. Incrível como uma simples conversa no Twitter pode até virar um post. Legal isso, essa interação. Suas palavras completaram perfeitamente meu pensamento sem tirar nem por.
    Beijinho e obrigada.

    ResponderExcluir
  2. .entao...outro dia eu li uma frase que acabei anotando e diz assim "a orgem de muitos medos esta no momento em que nos reconhecemos menores que nossos sonhos e anseios"

    e tem gente que recua e muito!

    beijooo

    ResponderExcluir
  3. Merí, além de guerreira é sábia...

    Bella, tem um convite especial lá no cafofo p/ vc...

    Durmam com os anjos meninas!

    Beijosssssss

    ResponderExcluir
  4. É! Só isso que tenho a dizer.

    Beijozzz

    ResponderExcluir
  5. Eita post preciso: falou pouco e disse tudo! Beijos...Elis.

    ResponderExcluir
  6. Verdade Pand! E um dia desses ouvi uma dona que foi tetraplégica dizer uma frase fantástica:

    "Nós vivemos e lutamos com aquilo que temos, com nossas qualidades e conquistas e nunca com o que nos falta".

    Se a gente ficar olhando para o que nos falta não saímos do lugar, mas o chato que o ser humano é incoerente por natureza e tem horas que faz tudo errado. Logicamente que me incluo nessa.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Claro que gostaríamos que as coisas fossem como na ficção, contudo, a vida real infelizmente é outra.
    Nem sempre é fácil sorrir sentindo dor física e/ou emocional, também acredito tampouco que adianta fingir que está tudo bem para agradar aos outros quando não estamos bem, temos o direito de nos recluir até superar os momentos que, muitas vezes, não são fáceis. Contanto, são momentos, ficar se martirizando e sofrendo de síndrome do coitadinho não irá nos ajudar, acabamos assim, dando um tiro no próprio pé. Porque ninguém se importa, você é que tem que se importar com você mesmo. Cada um tem suas dores, maiores ou menores, só cada um sabe de si, o importante é respeitar a dor dos demais e exigir que a sua também seja respeitada.

    Há uma frase de minha autoria que me descreve atualmente:

    “Não adianta ficar me focando só nas coisas ruins da vida, há coisas boas. Sempre há. Estou aprendendo a sorrir pelas coisas boas em meio as coisas ruins. Estou ainda aprendendo a viver”. Christian V. Louis.

    ResponderExcluir
  8. Sabias palavras! Vou guardar no coração essa agora^_^

    ResponderExcluir
  9. Que bom sobreviveu ao carnaval.
    Dizem que quando tudo está bem , é o fim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Adorei esse texto e sempre fico com um pé atrás quando uma história acha que a felicidade só pode estar na ausência do problema. Isso não é nada real.

    ResponderExcluir
  11. Porque às vezes uma condição não é problema e se temos que viver a vida toda com ela, melhor se adaptar ou tentar se acostumar.
    Como a Meri bem comentou, legal essa interação!
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  12. Detesto problemas. Mesmo na época que eu estudava, odiava os problemas da matemática.rs

    Muitos dizem que sem os problemas, a vida ficaria monótona, mas eu prefiro a monotonia...

    A vida é um problema, as pessoas são um problema, no entanto, como diz o filósofo Dadá Maravilha, "pra toda problemática, existe uma solucionática".rs

    ResponderExcluir
  13. Saber ser feliz apenas deles...

    É estou tentando.

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.