quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Um trechinho do Canto IV da Odisseia

De todas estas Dádivas
Só quero a Taça de Ouro trabalhada a Fogo.

Facilmente, em teu reino de chão fértil,
Nascem Trigais de espigas ondulantes;
Minha terra porem não possui Campos
É Sagrada, selvagem, pedregosa
Tudo, ali, são Pastagens e rebanhos
de jumentos, de ovelhas e Cabras

Não quero chegar lá de mãos vazias.

2 comentários:

  1. Muito ,muito belo isso.um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi mulher! Tais bem?

    Tem uma declaração para ti lá no meu outro blog.

    Beijo

    ResponderExcluir