terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Palarva: poesia visual e sonora de Paulo Bruscky


Paulo Roberto Barbosa Bruscky é um artista multimídia, poeta que durante a década de 1960 iniciou uma vasta e curiosa pesquisa no campo da arte conceitual. Eu não tinha a minima ideia de quem seria Paulo Bruscky, nunca tinha ouvido falar dele até o dia no qual marquei com meus amigos um encontro no centro da cidade, eles se atrasaram, resolvi entrar no Espaço Caixa Cultural.


A arte de Paulo Bruscky foi uma das coisas mais interessantes que tive a honra de cruzar em meus descaminhos por Recife. A forma como ele mexe com peças de propaganda, objetos do cotidiano, bugigangas e afins questionando o tema do qual tratam e reformulando a mensagem neles contido é linda, instigante e poética em sua forma de ressignificar o banal.

Eu poderia falar muito e mais ainda sobre as coisas que vi, mas acho que muito do Brusky criou fala por si então aproveitei e tirei algumas fotos com a intensão de preservar a memória desse momento entre as paginas desse blog. Sim, estou tentando tirar a poeria dessas paredes, passar óleo nas juntas dos dedos e voltar a falar - escrever - contar minhas histórias, sentimentos e feitos. Não gostei de ter deixado meu blog e meus sentimentos ao relento.

Sem mais delongas... a arte de Brusky!

























Ter um metro e meio é não cabe no espelho kkk



Outros textos sobre essa exposição:
A usina criativa de Paulo Bruscky

'PaLarva' faz retrospectiva da arte de contra-informação de Paulo Bruscky

4 comentários:

  1. Oiee!

    Noooossa!
    Eu me apaixonei por essa arte.
    Muito obrigada por compartilhar em seu blog.
    Fiquei rindo sozinha com a ironia de algumas aqui.

    Beijos.
    Alana Marques
    colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Continua tudo muito lindo e bem feito por aqui.
    Pandora e sua caixa Mágica de sabedoria.
    Parabéns e obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Olá Pandora!
    Sai cada coisa dessa sua caixa!rsrsrsrsrs
    Perguntei muito pro "tio Goggle" e ele insistia em dizer palaVRA...
    Mas enfim nos entendemos e ele me levou até:
    'PaLarva' faz retrospectiva da arte de contra-informação de Paulo Bruscky"
    aí entendi sua postagem... e gostei!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  4. Oi Jaci, que bacana!! Tão legal esse tipo de poesia, poucas palavras que sintetizam uma ideia, a gente viaja na busca da compreensão.
    Faça o que a deixa feliz, sempre!
    Obrigada por partilhar beijos!

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.