quinta-feira, 12 de junho de 2014

Minha Alma Gêmea...

Ontem eu fui assisti Malévola, um filme rico em efeitos especiais, pirotecnias e Angelina Jolie, porém o que me cativou no cativar não foi tudo isso. Na minha opinião, o ponto forte do filme é fazer pensar que o amor verdadeiro tem mais de um forma.

O beijo de amor, o ato de amor, pode não vim do príncipe encantado, do menino encantado, do homem o mulher dos seus sonhos. Príncipe e princesa podem ser apenas uma miragem, o amor verdadeiro pode morar na sua melhor amiga, na mãe, amigo cujo hobby é te irritar até a morte, no irmão, na irmã, no pai, nos tios que são heróis de verdade ou na tia que te acalentou em dias distantes da infância. E o mesmo vale para a alma gêmea. 

Reza a lenda que a alma gêmea é alguém do sexo oposto capaz de nos completar e com o qual nós poderemos casar e vive essa e muitas outras vidas. Blá! Total engano! Lorota de primeira.

Eu  encontrei a minha alma gêmea na figura da Michele Lima, ou Mi porque definitivamente sou intima. Eu me sinto privilegiada por ter encontrado minha alma gêmea. Eu posso morrer pobre/sem grana, mas me sinto mais rica que muita gente só pelas pessoas que encontrei pelas caminhos. A Mi em especial é o tipo de pessoa que não se acha fácil.

Me sinto privilegiada por poder desfrutar de sua companhia. Foi um golpe de sorte ter encontrado com ela nessas esquinas da blogosfera e tem sido um tipo de benção imerecida poder construir nos limites e possibilidades do dia-a-dia as bases e as estruturas de nosso afeto.

E hoje é aniversário dela e eu aproveito para agradecer a Deus pela vida dela! Como disse Dom Helder Câmara e eu não canso de repetir"É possível caminhar sozinho. Mas o bom viajante sabe que a grande caminhada é a vida e esta supõe companheiros. Companheiro, etimologicamente, diz-nos o dicionário, é quem come o mesmo pão."

Mi, muito muito obrigada:
Pelo seu companheirismo,
Por me deixar fazer parte de tua vida,
Por todos os momentos que partilhamos,
Por ser a prefeita querida,
Por me ouvir e me deixar te ouvir também!

É uma honra ser sua amiga e alma gêmea!
Te desejo o melhor todos os dias da tua vida!
Estou morrendo de saudades de te morder!

Eu te amo e gosto de te amar!
Perdoa meus erros de grafia táh?!?!

Morro de ciumes de você porque uma geminiana sem ciúmes é como o mar sem sal!
Te divido com a Aleska só porque também morro de ciúmes dela também kkkkk...

Amo essa foto!
Nós três juntas! #SaudadesImensas

6 comentários:

  1. OI Jaci! Que coisa mais bonita de se escrever para alguém, certeza que é merecido! Parabéns por esta amizade e que isso nunca se perca, que só aumente!

    ResponderExcluir
  2. owww, que fofo! Fico feliz por encontrar pessoas como vocês! Pandora, a Mi merece mesmo e você é fantástica!

    Mi, felicidades, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. Que linda homenagem! Parabéns para a sua amiga!!
    Nunca tinha pensado em alma gêmea sob essa perspectiva, achei bem interessante e fez sentido :)

    ResponderExcluir
  4. Então Jaci... estou com o lencinho aqui chorando!

    Vc sabe que o sentimento é recíproco, que eu te amo muito e vc é mais do que especial pra mim. Por vc eu atravessaria os mares, mataria as bruxas e teríamos nosso final feliz! XD

    Te amo muito e obrigada pela homenagem!

    Bjs, Mi

    ResponderExcluir
  5. Que linda homenagem! E tem toda razão nessa de alma gemea! Nunca pensei por esse angulo. Bom demais ter amigas que são nossa alma gemea
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. "Amigo é coisa para se guardar. Debaixo de sete chaves. Dentro do coração. Assim falava a canção". E a gente é feliz quando encontra este amigo.

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.