sexta-feira, 2 de maio de 2014

O Épico Jogos Vorazes [Desafio Calendário Literário]

Vai ser fácil para quem me segue no twitter lembrar o quando me preocupei com a escolha do livro épico para ler em Abril. Para mim não estava claro quais livros se encaixam nesse perfil, nunca tinha refletido sobre o conceito de épico antes. Então, como é de minha natureza, para encontra o conceito travei de mim para comigo uma guerra até chegar a uma decisão razoável sobre o que eu chamaria de épico.

Para começo de história, na minha opinião, para ser épico não basta ao livro abordar um daqueles recortes do passado de um personagem ou civilização sobre o qual existem muitas lendas e poucos documentos; ter magia ou personagens como dragões, anões e elfos; se passar em uma terra localizada em algum outro ponto duvidoso do multiverso; ou ter personagens com nomes impronunciáveis à língua nua.

Cheguei a conclusão que épico é um livro cujo texto, independente do recorte temporal abordado, é capaz de exigir certo comprometimento afetivo. Deve ser escrito por um autor capaz de olhar para a realidade [no passado ou no presente] e explorar seus pontos incômodos com competência e arte, questionando os limites do ser humano. Precisa ter drama, dor, vitórias, derrotas e sangue, pois"ninguém quer saber o gosto do sangue, mas o vermelho ainda é a cor que incita a fome". Por fim, o épico tem que deixar o leito com uma bela ressaca literária.

Me julguem, mas o livro épico de abril foi "Jogos Vorazes" da Suzanne Collins.

Sim, o livro é classificado até mesmo em sua ficha catalográfica como "Literatura Infanto-juvenil" de cinco formas diferente. Mas, eu discordo totalmente dessa classificação.
"1. Sobreviventes - Literatura Infanto-juvenil
2. Programa de Televisão - Literatura Infanto-juvenil
3. Relações Humanas - Literatura Infanto-juvenil
4. Ficção Cientifica - [caso alguém ainda não tenha entendido] Literatura Infanto-juvenil
5. Ficção [alguém advinha o que vem depois] Infanto-juvenil americana."
Certamente a Suzanne Collins construiu um texto com linguagem simples e definitivamente seus personagens são adolescentes, porém a forma como ela aborda questões de sobrevivência, as relações humanas e a influencia da mídia na sociedade do espetáculo em uma trama de ficção cientifica eleva o texto dela a qualquer coisa que exige comprometimento, atenção, envolvimento afetivo e deixa uma ressaca literária de matar em qualquer inocente. O livro é épico da introdução a conclusão!


"Jogos Vorazes" é uma trilogia cuja ação se passa em qualquer lugar do nosso futuro, após alguns desastres naturais e guerra o mundo está divido em 12 distritos e é governado pela Capital de forma ditatorial. Os "jogos vorazes" é um acontecimento anual, um jogo no qual cada um dos 12 distritos oferece um casal de adolescente para competi dentro de uma arena até que só reste um vivo.

Nesse contexto emerge a figura de Katniss Everdeen que vai disputar a 74ª Edição dos Jogos Vorazes de uma forma jamais vista. Katniss é uma caçadora, uma sobrevivente, a morte prematura do seu pai deixou sua mãe arrasada e paralisada, para proteger e garantir a sua sobrevivência e a de sua irmã Primm ela teve pular da adolescência para a faze adulta em tempo recorde. É uma personagem tão real que da medo, conheço várias meninas como ela, me apeguei a ela, torço por ela... Ela coloca no bolso qualquer rei ou rainha de tempos remotos, cavaleiros de távolas redondas ou quadradas, elfos, duendes ou até mesmo hobbits.


Esse post faz parte do Desafio Calendário Literário proposto pelo blog "Aceita um leite?".


9 comentários:

  1. O que disse em outras redes, repito aqui, Você já falou tantas vezes elogiando esta trilogia, que estou realmente com vontade de ler para tirar a prova! rsrsrsr (apesar da meu "pantinho" em relação à séries. Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  2. Eu não tenho nem mais o que dizer =O Seu post me deixou sem palavras. Tiro meu chapéu para sua conclusão, e fico contente que você tenha gostado de JV depois de tanta insistência da minha parte. Adorei!!!!!!! =*

    P.S.: Odeio quando os fãs de JV se auto-denominam "tributos". Ai, acho uma atitude doentia.

    ResponderExcluir
  3. Jogos Vorazes é denso e tenso do incio ao fim e sem dúvida Katniss é uma protagonista forte, daquelas que segura todo o enredo!

    Beijocas, pandinha!!

    ResponderExcluir
  4. Caramba eu tenho que me colocar em dia e ler Jogos Vorazes logo! Bom, antes tenho que terminar a trilogia Divergente, e, se serve de termômetro, já gosto dela e se JV é ainda melhor, então...

    Agora, eu concordo com você na questão do épico, acho que, acima de tudo, o que faz de um livro um épico é mesmo a reação que ele trás ao leitor-mesmo aquelas que batem imediatamente após a leitura e depois passam. É tudo muito subjetivo, mas você tem razão.

    Resenha perfeita. e ponto.

    Luciano A.Santos, direto do celular

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Pandora, você é uma pessoa que sabe variar suas leituras e ao mesmo tempo fazer excelente análise sobre o que leu.
    Eu não li este livro, aliás, acho que nunca passou por minha cabeça lê-lo, pois não sou chegada ao tema ficção, porém sua sinopse me deixou até curiosa porque acho que deve prender mesmo a atenção este tipo de leitura.
    um abraço carioca e bom final de semana.


    ResponderExcluir
  6. O que eu gostei é que os livros podem ser aproveitados por diferentes tipos de leitores. Antes que alguém pergunte se o tradicionalíssimo triângulo amoroso clichê está lá: está. Mas não me incomodou pois a distopia e a política estão lá também. E a ação também. Eu não me imaginava lendo um livro de ação e gostando!

    ResponderExcluir
  7. Oi Pandora
    Eu tinha que conferir esse post para ver o que vc estava dizendo a respeito da trilogia, confesso que vc tirou um peso das minhas costas, pois te considero a expert em literatura, e se vc não os considera infanto juvenil kkkkk. Eu adorei a saga, até fiz um post o ano passado, mas abordando a personalidade da Katniss, que teve uma reação que não gostei no final, mas de resto eu gostei muito. E só para terminar o comentário, vc seria uma ótima blogueira de resenhas de livros.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  8. Imagino que, se você ficou com Ressaca ao ler este livro, o que dirá de sua conclusão A Esperança!! Jogos Vorazes tem lá seus motivos para o sucesso que fez (e não foi o cinema que ajudou para tanto). Além de ter todo o envolvimento, tem ainda a crítica aberta que Collins faz em relação aos reality shows e a banalização da vida (por assim dizer). xD

    Se você gostou desse, com certeza irá gostar do próximo, que aliás, é muito melhor que o primeiro.

    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  9. Adorei, Pandora. Que bom que você gostou! Katniss arrasa mesmo! É uma das minhas personagens favoritas de todos os tempos embora ela não tenha me agradado em todos os momentos.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.