sexta-feira, 15 de novembro de 2013

7º Bookcrossing Blogueiro 2013

Sinceramente eu procrastinei tanto a escrita desse texto sobre o 7º Bookcrossing Blogueiro que comecei a achar que nem ia mais escrever, mas ai lembrei que eu não gosto de quebrar tradições por motivos vãos e resolvi registrar aqui como sempre minha participação nesse projeto.


Esse ano pedi ajuda a minha irmã para fazer faxina na estante para tirar o maior número possível de livros para o desapego e o resultado foi esse:


Esse ano também teve o Bookcrossing Blogueiro Kidsdo qual eu só decidi participar de forma efetiva aos 45 do segundo tempo.


Tive mais dificuldade de desapegar dos infantis que dos adultos e confesso que não houve nenhuma nobreza no meu desapego, só desapeguei do "Igor. O Rei Leão" porque fiquei me dizendo: "Jaci, você não tem desculpas para ficar com esse livro, na creche onde você trabalha tem mil edições dele, se você PRECISAR pode usar os de lá! De 2010 para cá você releu ele quantas vezes??? Você não precisa desse livro! Você não é criança! Você não precisa desse livro!". E o da "Foz do Iguaçu" e "Nassau e o boi voador" da Flavia Maria Peixoto eu tenho 2. #ProntoConfessei

Dos livros adultos, meu primo separou alguns para levar para o trabalho dele  para dar aos amigos e eu levei alguns dos outros para a creche na qual trabalho.


Na prorrogação do segundo tempo voltei da porta de saída de casa e tirei meu vol. de "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen e o meu "Oldar: da guerra da traição" do Rondinelli Fortaleza e mais duas edições de revistas cientificas e coloquei na lista. Jane Austen tirei porque achei que faltava entre os livros doados algo que tivesse muito significado para mim e Oldar porque para um autor independente interessa mais ter seu livro circulando, mas confesso: estou com saudade dos dois, foram bons amigos.

Ah, o pessoal da creche não pegou todos os livros então juntei ele a outra família de livros e os levei para uma escola pela qual passo toda noite e na qual cursei a 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Fundamental. Deixei eles no refeitório. Os alunos noturnos do Estado de Pernambuco e da Prefeitura do Recife costumam lanchar antes das aulas começarem então na quarta além do arroz doce alguns deles encontraram livros. Espero que tenham gostado!

Por fim, achei os  quatro primeiros volumes do mangá Utena de Chiho Saito um tipo de literatura que interessa a um público muito especifico [o tipo que pode ser confundido com macumba - leiam o post da Aleska no Entre Livros e Sonhos "O que leva uma pessoa a confundir um livro com macumba?"
e compreendam a referencia]. Então em vez de simplesmente libera-los em alguma esquina de Recife ou escola preferir pedir a Michele que sorteasse no blog dela "Um pouco de shoujo" com condições mega, ultra, plus simples para os que se interessassem.


Ah, ainda estou com alguns aqui em casa para deixar nos ônibus urbanos da cidade. Gosto desse exercício e não abro mão dele. O ônibus para mim é uma espaço especial de desapego.

17 comentários:

  1. Nooooossa! Que grande participação.Vários títulos! Legal!Parabéns! beijos,chica,lindo feriadão!

    ResponderExcluir
  2. OI Pandora, parabêns pelos livros desapegados, é muito bom induzir a leitura para crianças e adultos.
    Ainda não desapeguei dos meus, estou na correria, com as contações, mas até o começo de dezembro, me desapegarei deles.Beijos, bom final de semana

    ResponderExcluir
  3. Uau, que desapego! Está de parabéns! Quando eu crescer (pros lados, afinal já passei da idade), quero ser como você, quero ir me desapegando, aos poucos. bjs

    ResponderExcluir
  4. Parece que você libertou uma biblioteca inteira, Pandora! Os contemplados agradecem. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Pandora, querida, parabéns pela participação e pelo enorme desapego. Na realidade, parabéns, também, por se disponibilizar a compartilhar tantos livros - imagine quantas pessoas se beneficiarão!
    Belo gesto!
    Bjs e muito obrigada por sua visita ao Meu Doce Lar.
    Seja sempre mto bem vinda!!!

    ResponderExcluir
  6. Literalmente, uma "grande" participação.

    ResponderExcluir
  7. Dona Fada dos livros,
    esta edição do bookcrossing foi fartamente semeada por vc, Pandora.Tens toda razão ao afirmar que um bom livro é uma amigo do qual temos pena em ver partir, mas é preciso nos desapegarmos para que ele faça mais amigos(as) por outras bandas.

    Parabéns fadinha\0/
    Belo domingo aí.Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  8. Olá!!

    Já conheci o Book Crossing, mais essa com blogueiro é a primeira vez que tenho conhecimento.

    Estou com dois livros aqui (Crepúsculo e Amanhecer) que não quero mais e infelizmente não consegui passá-los adiante....

    A sim, só uma coisa: você escrever mangar ao invés de mangá, quando comentou de Utena.

    Essa ideia de deixar um livro num lugar é tão inovadora. Pode ser que alguém que esteja se sentindo sozinho venha a ter um bom amigo de uma maneira surpresa e agradável. n_n''

    Fiz uma resenha de livro lá, da uma lida...

    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natália obrigada pela correção, eu adorei! Sabe que eu ganhei minha edição de Crepúsculo de um amigo, fiquei tão feliz!!! Olha, qualquer dia experimenta desapegar, deixar o livro em um canto seguro da cidade... talvez você goste!!!

      Excluir
  9. Vocês participaram mesmo!!!!! Deixar em uma escola é ótimo!!!! Não sabemos quem vai encontrar, mas ao mesmo tempo sabemos que os livros estão seguros e logo serão muito bem aproveitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Bruxa, penso a mesma coisa em relação a escola, mas senti dificuldade em explicar aos funcionários e a diretora o que era o projeto e que eu não queria doar a biblioteca e sim deixar para quem quisesse pegar.

      E sim[2], eu aposto mesmo nessa ideia, participo com tudo.

      Excluir
  10. É difícil desapegar, mas você despaegou MUITO. E aquilo é uma edição de Sandman? Confirma, produção? O quê? Como? Is this real life?!!! ISSO é que é coragem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, eu encontrei em um Sebo a milênios Lu, mas pretendo compra o vol. 2 da Edição definitiva que vai ser reeditado então decidi deixar esse ir.

      Excluir
  11. Esteve inspirada! Eu pensei em em desfazer de alguns dos meus mangás também - ninguém vai ler séries de vinte/trinta volumes mais de uma vez, então é bom passar pra frente, mas ainda não consegui. Dos que me doeram abrir mão está o "A Morte da Luz", é do Martin, é FC, então vai fazer falta, rsrsrs, mas, espero, tenha encontrado um bom leitor para ele.

    Dois abraços ;)

    ResponderExcluir
  12. Oi, Pandora!!
    Enfim, consegui chegar!! :D Você é um grande exemplo de que quando mais amor aos livros, mais queremos compartilhá-los!
    Também desapeguei um livro infantil difícil pra mim,o "Manual do Espião". Esse livro está comigo desde os 6 anos e muitas brincadeiras que nele estão contidas, fizeram parte do meu cotidiano.
    Obrigada por mais uma vez participar do BookCrossing Blogueiro!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  13. Apesar de só liberar livros com o BookCrossing, eu ainda tenho alguns para desapegar, sem problemas.
    Vi que você liberou um mangá. Imagina que aprendi o que era isso com meus filhos há tempos atrás.
    Confesso que gosto de ler, não sou assídua, mas sempre procuro títulos que sejam do meu gosto, assim posso dar o bom exemplo em casa e desfrutar de momentos prazerosos, que é a leitura.
    Ah, e adoro indicações.
    Xeros

    ResponderExcluir
  14. Pandora,
    Confesso que eu comecei a desapegar dos meus livros depois que comecei a participar do BookCrossing, antes guardava-os a sete chaves. Hoje em dia consigo fazer com que os livros que sei que não vou ler mais, vá dar uma volta e não volte mais para a minha casa. Tem uns que não largo, não abro mão. E outros não dou por saber que não vão ler mesmo. rsrsrs...Muitos deles da literatura russa!
    Beijos
    adriana

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.