quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Questões de amor e ódio!

Hoje as "Meninas dos Livros" se reuniram para gravar mais um podcast e depois de tudo a prefeita Mi - Michele Lima para os não íntimos - postou a seguinte foto no facebook para representar alguns dos momentos de afeto, carinho e atenção entre eu e a Ana.


Olhando assim tenho a impressão que está virando rotina nossos desentendimentos literários... Ou talvez se desentender seja nossa forma de nos entendermos... De toda forma essa foto me lembrou que o nosso cast de Agosto saiu faz um tempo e eu ainda não cumpri a demanda de posta-lo aqui para fins de divulgação e registro.

Em Agosto decidimos falar sobre livros cuja leitura foi capaz de nos despertar sentimentos de amor e ódio.


A Aleska - nossa bibliotecária - falou de  "O discurso do método e as meditações metafísicas" de Descartes;
A Ana Seerig ficou com "O mundo segundo Garp" do John Irving;
A Michele Lima - prefeita - falou sobre "Os Sete" de André Vianco; e
Eu atinei de levar para o podcast um antigo debate entre eu e a Ana e falei sobre "O morro dos Ventos Uivantes da maluca querida Emily Bronte. 

O podcast das Meninas dos Livros constitui atualmente um dos meus maiores prazeres, falar de livros com pessoas tão passionais, inteligentes, afetivas e calorosas como as meninas é um prazer.

E você? Tem amigas com as quais costumam discordar e brigar por motivos tolos sem correr o risco de perder a amizade? Gostam de falar de livro? Possuem um livro que não conseguem decidi se amam ou odeiam? Já ouviram algum de nossos podcasts? Tem alguma dica de leitura para a gente? Tem algo que gostaria de nos ouvir falando?

Para baixar o cast basta clicar no LINK ou ouvir aqui mesmo:


____

Só para constar, o sorteio dos livros continua valendo é só ir lá no post e dizer que quer participar: "Sobre o desafeto a literatura nos tempos do Império - Parte 2"



5 comentários:

  1. Eu já tô baixando, pena que só vou conseguir ouvir no fim de semana. Só há uma coisa melhor que podcast literário: um podcast com uma boa discussão, embasada e apaixonada.

    Só pra constar, esse fim de semana comecei a reler, no Kobo, e devagarinho, Jane Eyre. Da última vez deixei ela sentadinha de castigo no quarto onde o tio morreu...

    Dois abraços.

    ResponderExcluir
  2. Respondendo à sua pergunta, Pandora, eu quando discordo e , pior ainda, brigo muito com um amigo, acabo por romper relações com ele. Um dos motivos do final da minha amizade com meu último amigo pessoal, foi porque estávamos divergindo muito, e isso sem brigas. Acho enfadonho debates recheados de polêmica.

    A única pessoa do mundo , que eu briguei muito e não gostaria de ter me afastado foi a LL, um verdadeiro relacionamento de amor e de ódio,mas ela se cansou, optando por se afastar.

    Sobre o livro, sugiro "O Mundo Como Vontade e Representação", de Schopenhauer.rs

    ResponderExcluir
  3. Minha família do lado materno são leitores fieis, sempre que lemos um livro indicamos uns aos outros e claro as vezes surgem os comentários dos que gostamos mais ou menos mas não brigamos rsrsr, é que cada um tem suas preferencias gosto de tramas, suspense, terror...outros são mais românticos e por ai vai...

    ResponderExcluir
  4. Duas gurias genias juntas... com certeza vai dar briga! kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Eta já tinha visto no Face a imagem das brigonas.!
    Agora aproveitei para acompanhar podcast, mas já baixei para continuar ouvindo no trajeto para o trabalho.Acabo às vezes rindo sozinha e pessoal deve me olhar e dizer essa véia já tá caduca mesmo.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.