sábado, 24 de agosto de 2013

As paredes do banheiro


Quando conheci o inevitável
Passei a aceitar
Às silenciosas ofertas de proteção e cumplicidade
Contidas nas paredes do meu banheiro.
_______


22 comentários:

  1. Intensa e linda inspiração! Adorei! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Eita, que essa participação e descoberta, são de tirar o fôlego, rsrsrsr.
    Banheiro e travesseiro são bons companheiros, pra desafogar as mágoas, né.
    Bom sábado.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  3. Banheiro é um ótimo lugar pra se resolver o mundo... rsrsrs
    Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! As paredes do banheiro são confidentes de histórias que só podemos guardar para nós mesmas. De desabafos que não podem ser revelados a mais ninguém, de canções que não ousamos cantar em voz alta. São mesmo cúmplices. Bela interpretação da imagem!

    ResponderExcluir
  5. Interessante sua ideia Pandora, completamente inusitada!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  6. Oi Pandora, que revelação hein? Gostei como você expôs o quanto as paredes podem nos ouvir.
    Excelente participação!

    Abraços da Lu C.

    ResponderExcluir
  7. As paredes do banheiro são otimas ouvintes mesmo!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida
    A cumplicidade ao nos deparar conosco mesmo acontece mais apropriadamente e resulta em experiência de vida, quando acolhemo-nos integralmente... seja onde for...
    Bjm festivo de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Há pouco tempo atrás estava lendo em um blogue (não me recordo qual, infelizmente não favoritei) de música uma matéria com Eddie Vedder do Pearl Jam, onde ele afirmou que um dos grandes refúgios quando estava mal ou simplesmente precisava do silêncio, era trancar-se no banheiro. Disse que ficava horas por lá até "a tempestade passar"...
    Não captei se a tempestade seria interna ou externa, sabe-se que ele veio de uma família bem problemática, contudo, percebo que o banheiro tem sido o refúgio de muitos, inclusive suicidas. Muitos são encontrados mortos no banheiro, o último momento de vida optaram pelas quatro paredes do banheiro.
    Eu acho um pouco estranho, banheiro não é exatamente um lugar que eu considere interessante ou confortante, acho o quarto muito melhor para se estar só.
    Talvez seja complicado para quem divida o quarto com outros e por isto recorram ao banheiro para fazer suas reflexões ou simplesmente quando precisam estar completamente consigo mesmos.
    Conhecer o inevitável e ter que "aceitá-lo" é das coisas mais dolorosas e difíceis para um ser humano. Excelente reflexão Pandora.
    Espero que desfrutes da viagem e tente parar de olhar tanto para os abismos para que não olhem para você.
    Abraço


    ResponderExcluir
  10. Oi Pandora
    Muito profunda sua participação na BC. Parabéns!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  11. É muito difícil encarar uma má notícia
    Coitada da moça!!
    Bjs
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  12. Minha doce Pandora
    E existe coisa melhor que essa cumplicidade entre as paredes de nosso banheiro!

    Muito participar e relaxar um pouco da correria da saleta e da semana de trabalho.

    Bom estar por aqui!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi Pandora, gostei da sua participação! Gostei muito mesmo!
    Não tenho muito a dizer... simplesmente gostei.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  14. Refúgio conhecido acolhe a alma soluçante, abriga o corpo cansado, protege e renova.
    O projeto traz interpretações sensacionais, como a tua, Jaci.
    Boa semana.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  15. conhecer o inevitável assusta.. principalmente por ser inevitável.

    ResponderExcluir
  16. Interessa o sua interpretação. Parabéns.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revendo o que escrevi, retorno pois as letras estão cortadas.
      Interessante a sua interpretação.

      Excluir
    2. O importante é comunicar e isso você fez!!!! Obrigada por ler e comentar!!! :)

      Excluir
  17. Eu diria que não só as paredes do eu banheiro, mas do meu apartamento.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  18. Olá Pandora.
    Primeiro agradeço por sua atenção na pergunta que lhe fiz a um tempo atras, estava sem sinal de internet, aqui na ilha é bem complicado mas ainda amo tudo por aqui.
    Gostei muito de sua visão sobre a imagem, muito profunda, acho que é no banheiro mesmo que sentimos mais sozinhos e podemos refletir, já que lá temos mais privacidade..rs
    Porem vamos em frante. Parabéns por sua brilhante participação. Beijos.

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.