quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

200 anos de Orgulho e Preconceito!


"O maior clássico de Jane Austen, e um dos meus livros preferidos, fez 200 anos e eu não fiz nem um postizinho a respeito disso!"

Acordei constatando isso e me senti profundamente envergonhada! Como pode? Onde esse mundo vai parar desse jeito? Que absurdo dos absurdos! Preciso mudar esse quadro catastrófico e me redimir com Mr. Darcy, Elinor Dashwood, Elizabeth Bennet, Fanny Pride, Anne Elliot, Emma e toda a turma.

E foi com o intuito  de me redimir de tamanho crime fui remexer em minha coleção de tralhas relíquias Austerianas e é impossível não sentir uma sensação gostosa de familiaridade, nostalgia e beleza.


Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade, Mansfield Park me levam  para muitas das melhores lembranças de minha adolescência só de ler o primeiro paragrafo.


Adquirir as séries da BBC foram uma das maiores satisfações do meu inicio de vida adulta. Na minha opinião, outras adaptações podem vim a ser feitas nos próximos duzentos anos, mas dificilmente elas poderão superar em capricho e qualidade o trabalho dos autores, pesquisadores, roteiristas, direção de arte e derivativos responsável por essas produções.


E claro, além dos livros e séries, tem os sem número de produtos feitos a partir da poderosa inspiração de Jane. Por mim eu teria uma amostra de tudo o que sai de qualidade inspirado em Orgulho e Preconceito & Cia. Maaaaas, por hora, eu me conformo apenas com o fofo filme "Clube de Leitura de Jane Austen" e "O diário de Bridget Jones" e alguns marcadores fofos que a Irene me enviou da última bienal de São Paulo.


E para concluir, sem concluir, pois sei que cedo ou tarde vou novamente querer escrever algo sobre Austen aqui ou em outros espaços, deixo um trecho final da matéria escrita por Raquel Sallaberry Brião e publicada na revista "Conhecimento Pratico Literatura" n. 39, cuja copia colorida a Ana Seerig me enviou pouco antes de viajar para a Alemanha e fez a minha alegria por dias.


Para ler Jane Austen 

Jane Austen é para ser lida com prazer. A começar por Orgulho e Preconceito, o "mais leve, luminoso e cintilante", segundo as palavras da própria autora. É fácil encantar-se com Elizabeth Bennet e Mr. Darcy, e se divertir a valer com Mr. Collins. A seguir, apaixonar-se sem medidas junto com Marianne Dashwood, com o sempre amoroso apoio de Elinor, com plena Razão e sentimento. E, sem susto, prosseguir viagem até A Abadia de Northanger, pois o senhor Tilney garantirá o riso. A próxima anfitriã é ninguém mais do que Emma, disposta a nos fazer felizes, nem que para isso cisme em nos casar. Para repousar dessa maratona e meditar sobre a vida, nada melhor do que o silêncio de uma propriedade rural e a companhia da amável Fanny Price, em Mansfield Park. Mas não se enganem! O campo também pode ser movimentado com os irmãos Crawford!

Ainda não se convenceu a ler Jane Austen?

Só me resta a Persuasão de Anne Elliot, perfeita conhecedora do coração de homens e mulheres.

__________

Raquel Sallaberry Brião edita o site Jane Austen em Português e a sua matéria sobre Jane Austen pode ser encontrada clicando AQUI

14 comentários:

  1. Que massa, Jaci!! É tão legal quando a gente põe a coleção de seja lá o que for juntinha e ficamos observando e lembrando de cada história que envolve a aquisição... Parabens pelo empenho e a recomendação de leitura de Austen foi anotada! Abraço!!

    ResponderExcluir
  2. Cara, morro de vontade de ver "O clube de leitura de Jane Austen". É bom mesmo? Sempre lembro do teu convite pro especial dela. Só tu mesmo pra me convencer a me arriscar a escrever sobre ela...

    Ah, assim que vi essa matéria da Jane lembrei de ti. Fantástica, né? Não ia ser feliz enquanto não te mandasse uma cópia. Sem querer, quase fiz a leitura de Jane na ordem que a Raquel sugere, exceto pelos dois últimos, que inverti. Agora que estou lendo 'Mansfield Park'. Não sei se foi tu ou a Vanessa, acho que foi a Vanessa, que disse que acha o livro fraco, mas eu pessoalmente estou gostando. Claro, ele não tem a emoção dos outros, mas 'Persuasão' também não tem, mas acho legal pra se pensar. A Abadia foi uma leitura que acabou passando batida, preciso reler.

    E como não gostar de um post desses? Só lamento não estar mais aqui frequentemente... E, sim, acho que um dia vamos ter que fazer um podcast sobre a Jane.

    ResponderExcluir
  3. Maravilha de post e muito bem lembrado os 200 anos de Orgulho e Preconceito.

    Vi vários links de homenagens a Jane Austen e aos 200 anos de Orgulho e Preconceito.

    Estava vendo o Facebook da Martin Claret sobre os 200 anos.

    Parabéns minha doce Pandora!

    Beijos

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  4. Eu fiz tb uma pequena homenagem há umas semanas. pena que tinha tanto problema na minha cabeça que não pude caprichar. Só quero ver a tua cara quando abrir meu ultimo pac pra ti. tem coisa da jane lá.

    ResponderExcluir
  5. O que torna uma obra um clássico? A resposta encontramos aqui pois o seu texto mostra como ela ainda desperta paixão, comentários, aceitação e estudo.

    ResponderExcluir
  6. O que me instigou a ler Jane Austen foi justamente 'O Clube de Leitura de Jane Austen' como você viu no meu blog. :) E a sua sugestão me fez começar a ler 'Orgulho e Preconceito' que eu amei!!! Ainda faltam 3 livros dela para ler, mas por enquanto só amei mesmo Orgulho e Preconceito que é uma delícia! Os outros eu gostei, mas não tanto.
    Adorei o post, Pandora.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Uma coisa que preciso fazer na minha vida é ler Jane Austin.. vergonha vergonha... nunca li! Apenas vi o filme Orgulho e Preconceito e claro, amei.

    ResponderExcluir
  8. Eu também fiquei com a consciência pesada, não postei nada sobre os 200 anos de O & P, aliás não postei nada de nada ultimamente, enfim acho que a partir de semana que vem minha vida volta ao normal, então pretendo voltar com o blogue a todo vapor.
    Quando chegar meu box da BBC também vou juntar minha coleção e bater umas fotos. #CopiandoVocêDescaradamente
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, levando em conta que eu "só" copiei descaradamente o modelo do lay do seu blog você pode copiar o que você quiser daqui. Sinta-se em casa \o/

      Excluir
  9. Oi Pan,
    tô passando rapidinho pra te avisar que tem selinho pra ti lá no blog, viu?
    Volto com calma mais tarde.
    Bom domingo,
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Oi Pandora
    Eu não li o livro, mas o filme é MARAVILHOSO, então, como o livro é sempre melhor, não vejo a hora de lê-lo! Minha sobrinha tem, só que ela está fazendo Faculdade Federal em Curitiba/PR, e eu moro em Itanhaém/SP, os pais dela moram aqui, só que ela sempre se esquece de trazer o livro para mim. Será que ela não quer me emprestar? kkkkkkkk. Acho melhor comprá-lo. Belo post.
    Bjos. Fique com Deus!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Confesso minha falha, falta-me Persuasão, mas corrigirei isto... ah, pode apostar, Pan.
    Sou gamada na obra de Austen e tenho dois dos livros e os filmes em longa.
    Achei ótimo que vc tenha gostado do selinho.
    Bjkas e boa semana.
    Calu

    ResponderExcluir
  12. Ah, Jane Austen! <3
    Eu ainda não assistir a série da BBC, acredita? Tenho que achar algum lugar para baixar e ser feliz. *-*
    Eu curti muito o filme "O clube de leitura de Jane Austen", como o filme exaltou a Jane. Cheguei a me emocionar. *-*

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. Bora participar do Bookcrossing... brincadeira!! (rs*)
    Um presentinho para você!
    No mundo não caberia duas Jane Austen!! Demais!!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.