quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Meme Literário de Um Mês 2012: Dia 24 – Cite um livro que você achou que não iria gostar e acabou adorando.

A Cultura no Plural do Michel De Certeau, confesso que quando tive que encarar esse livro pensei que teria sérios problemas.

De Certeau não é um autor fácil, mas ele é fundamental para os historiadores que pesquisam cultura e querem entender como isso funciona do pós-guerra até o final do século XX, então tive que encarar.

Pense em um livro que deu trabalho!!! Mas acabei gostando muito da leitura, do autor e vivo fazendo referencia a ele em minhas reflexões.

De Certeau revolucionou a minha forma de encarar a cultura, aliás depois de ler seu texto passei a pensar que toda cultura no singular não passa de uma mistificação politica, na sociedade existem milhares de formas de ver e interpretar o mundo, ou seja, não existe cultura ou cultura popular e cultura erudita e sim culturas, muitas e no plural, sempre...

3 comentários:

  1. Oh céus! Oh vida! Oh azar! Quando é que eu vou ter uma vida organizada e poder ler como esta amiga Pandora? Mas, pensando bem, tempo é uma questão de preferência e seu eu quiser... eu posso!!!

    ResponderExcluir
  2. Acabei de pesquisar a série de que você falou. Gostei! Vai pra minha lista!!! :)

    Livros que eu achei que fosse odiar, acho que todos os de psicanálise. Entrei na faculdade cheia de preconceitos e acabei mudando de ideia. É a linha que eu sigo, embora hoje em dia eu busque outras teorias para complementar o que eu acho que a psicanálise não responde ou não me agrada.
    Opa, tava escrevendo o comentário e vi mais um comentário seu. Vou pesquisar sobre esse livro dos gatos também. ;)

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Muito bom saber disso!

    Na época que estava cursando a Faculdade de Biologia ganhei do professor de Anatomia, onde fui monitora , com uma dedicatória muito linda " Viagem de um Naturalista ao Redor do Mundo" de Charles Darwin - É composto por dois livros.
    Confesso que penso em reler, mas é tão voltado a pesquisa e suas descobertas que não sei se conseguiria lê-lo ate o fim.

    Na época foi um livro que oesei que não ia gostar e adorei, pois eu vivia., amava a história da Biologia, suas pesquisas e descobertas.

    Beijos

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.