segunda-feira, 16 de abril de 2012

BookCrossing Blogueiro

Lady Garça você pode ver mais por aqui!

Hoje foi meu dia de Lady Garça, acordei, coloquei minha estante abaixo em busca de um livro. Eu sei que podemos comprar um livro, mas para mim só tem graça deixar um livro MEU, um pelo qual eu tenha algum apreço, que seja legal e tudo e tal, pois a proposta tem have com desapegar.

E lá fui eu, mexi, remexi, tirei, coloquei e acabei decidindo pela minha edição de Garfield em grande forma de Jim Davis.


O Tiago Ribeiro escreveu uma resenha sobre esse livro e destacou duas coisas que achei super legais sobre Garfield:

1º o fato de Jim Daves falar através de Garfield:

"...sobre o comodismo do cidadão capaz de viver sua vidinha apenas sobre prazeres que rejeitam qualquer tipo de prazer um pouco mais saudável. Alimentação regada à exageros, sonos tirados além do habitual e, ainda, a televisão como única companheira – dura realidade de pessoas que encontram apenas nas telas o seu único meio de interação, mesmo com uma família por perto – são coisinhas que fazem de Garfield um de nossos retratos."

2º a questão da:

"... inversão de papéis entre homem e animal. No caso de Garfield, a natureza toma o lugar do humano e passa-o a controlar, chegando a parecer o próprio humano através de ordens que submetem o personagem Jon a fazer tudo o que seu dono manda. Incrivelmente, seu dono é um gato."

Mas, não foi por esses dois pontos justos que escolhi pelo gato preguiçoso e folgado. Escolhi por ele pois trata-se de um livro engraçado, eu também odeio segunda-feira e achei que em plena segunda, em um ônibus habitualmente lotado, achar um livro cuja capa tem um singular "Odeio Segunda-feira!" seria uma experiencia marcante para qualquer pessoa, mesmo se não fosse uma leitora em potencial.

Ah, a menina que achou o livro, coincidentemente desceu na mesma parada que eu e tentou me devolver o livro, então eu expliquei a ela que o livro era dela e a proposta de liberar um livro. Ela me achou meio louca, mas como já tinha assistido os filmes do Garfield acabou gostando de ganhar ele de grátis.


15 comentários:

  1. Oi Bella!

    A menina ganhou a segunda-feira!

    Chamo mei filho mais velho de Garfield, ele detesta fazer qualquer tipo de execício, tento estimular, ele só sorrir... E a barriga crescendo...

    Gostei das imagens fofas abaixo!

    Tenha uma semana!

    Beijossssssss

    ResponderExcluir
  2. Olá minha doce Pandora

    Uma boa escolha e eu estou colocando a minha saleta abaixo para escolher um livro para libertar.

    Amanhã estarei libertando sem falta.

    Adorei sua escolha e seu post.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Hihihi, a única vez que tentei libertar um livro ele ficou 2 DIAS INTEIROS no banco do ponto de ônibus e ninguém pegou. Na manhã do terceiro dia eu resgatei o pobrezinho rsrsrs
    traumatizei rsrrss
    beijosssss

    ResponderExcluir
  4. Onde? Onde? Onde?
    Onde vc deixou esse livro, rssrsrs... eu quero, eu quero... rs...

    Nossa, eu quero esse livro.

    Sortuda a garota que achou esse exemplar!!!

    Linda participação!!!

    beeeijos

    ResponderExcluir
  5. Ola,
    O Garfield é muito engraçado, claro! Mas é também uma sátira a sociedade por conta do sedentarismo daqueles que odeiam a segunda, que curtem uma televisão ao sabor de uma bela lasanha, assim como o gato famoso.

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  6. Realmente acho mais legal, mais original o desapego, ou seja, libertar um livro teu que tem um significado. Claro que o incentivo à leitura comprando um livro também vale.
    Gostei também do que li: compre um livro num sebo porque geralmente eles ficam lá parados por muito tempo, vamos ajudá-lo a circular.
    Mas se a ideia é desapegar, nenhum lugar melhor do que a estante!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Ah! Quisera eu encontrar um Garfield assim, rs. Concordo com você, se o livro é nosso, e temos algum carinho por ele a iniciativa fica ainda mais bonita. Sabe, você enfrentou meu maior medo: alguém me ver libertando o livro e vier me devolver, rs, desde a primeira edição temo por isso.

    Minha participação sai amanhã ;)

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. SEMPRE que eu "esqueço" um livro no ônibus, alguém percebe e corre pra me devolver.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pandora! Eu adoraria ganhar um livro do Garfield, quem não gostaria? Difícil não se identificar com algum momento da vida dele, hahaah. Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Pandora, confesso que nunca li o Garfield. Fiquei sabendo mais sobre ele aqui.

    Também vou entregar o meu livro de uma forma bem especial. Por aqui os catadores de papel levam tudo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Pandora
    A pessoa que o ganhar vai se descontrair... e creio que vai gostar... ainda mais nesse corre corre do dia a dia...
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  12. As pessoas devolvem porque é um livro, se fosse algo "valioso" não devolveriam (Ao meu ver o livro é muito mais valioso)
    Ah!!! Bem que eu queria encontrar um livro liberto rsrrsr

    ResponderExcluir
  13. Muito bom seu desapego do livro. Comigo acontece o mesmo, as pessoas sempre correm atrás para devolver.

    Beijos a vc

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro Garfield e também não gosto das segundas...
    Primeira vez que participo e eu gostaria de saber quem pegou meu livro, deixei no Aeroporto.
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  15. Ah, eu adoraria resgatar esse livro!!
    Eu diria para a Eliane que da próxima vez escolhesse um livro interessante para libertar! (rs*) Ou então continuasse a sortear livros no blogue, isso é bem viável. Compartilhar é tudo!!
    Tenho que te agradecer a participação e todo o apoio que deu ao BookCrossing. É visível quando as pessoas realmente gostam de ler e querem ajudar, fazer crescer o ambiente do conhecimento. O egoísmo faz murchar a alma e precisamos cada vez mais de incentivos para aprendermos a nos desapegar e a dividir aquilo que para nós já foi útil, ainda mais os livros que carregam informações e palavras que distraem o pensamento. O desenvolvimento de um povo está relacionado com a sua capacidade de pensar e a leitura é aliada nesse processo. Vamos libertar mais livros sempre e ajudar a circular cultura!!
    Obrigada!! Beijus,

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.