terça-feira, 20 de julho de 2010

Senta que lá vem história: 2º Dia, louvor, sala de aula, crianças, novas alunas...

É no dia-a-dia que nascem as histórias... e o segundo dia também foi rico em histórias bonitas para se contar... é engraçado como os seres humanos tem necessidade de contar as suas histórias.

Nós vivemos e narramos o que vivemos desde a pré-história, de pinturas rupestres feitas com sangue em pedra, passando por papiro, peles de animais, madeira, papel... blogs...

Sempre temos necessidade de contar nossas histórias, de registrar nossas experiências que vão desde a confecção de um enfeite novo para a casa (ainda vou colocar aqui o meu quadro de tecido, a questão é ter tempo de fazer), passando por experiências culinárias, experiências com a maternidade, experiências sociais, experiências com alguma paixão pessoal e mesmo experiências dentro do contexto de uma religião, como a que estou me preocupando em narrar, nesse momento, tanto para quem queira ler quanto para mim mesma.

Enquanto narro minhas experiências tenho a impressão que concluo elas, fecho uma ponta, completo um ciclo e imagino que ao narrar até mesmo os homens pré-históricos devem ter sentido sensação semelhante, ou talvez não...
________________

E sim, continuando a sequência: Senta que lá vem história, agora vou falar sobre o segundo dia... que foi bem mais agoniado por um lado e bem mais tranquilo por outro.
Dessa vez o som funcionou e as nobres meninas puderam fazer a coreografia de todas os hinos animados que elas quiseram e Senhor, só a graça... se isso cair nos delicados ouvidos do ministério vou precisar de todos os meus bons antecedentes para mediar o conflito... Graças a Deus que minha ficha é tão limpa que chega a ser irreal rsrsrsrs...



Precisa dizer que as crianças amaram a Equipe de louvor?


Ah, nesse dia minha irmã se superou no quesito pega emprestado a roupa que eu iria usar... Pois é, ela pegou a minha camisa programada para esse dia... aff... e depois ainda disse que eu estava "mal vestida como sempre!" Pois é, procurei a minha camisa que tem a bandeira de Minas pq tem haver com o tema e combina com a saia que escolhi, mas como minha irmã usa essa camisa sempre não achei ela, logo peguei a primeira coisa que apareceu na minha frente, infelizmente meu visual ficou um samba do crioulo doido... mas tudo bem... passou!


Ninguém pode dizer que ela não é linda!


E foi uma descontração só... De todos os dias esse foi o que mais as meninas da equipe de louvor gostaram...

 
Essa foto não fui eu que tirei, mas gostei mesmo assim!!! 


Minhas mais novas alunas também estavam presentes... e essas ainda não aprenderam a arte da obediência, mas acredite em mim, estava rindo de se acabar enquanto eu tirava essa foto, a menina de amarelo, aluna de uma amiga minha é que não achou graça nenhuma, em seguida ela fez um gesto de reprovação!!!

 
Eita que povo para fazer birra com a camera!!! 


Acabou que eu tive tantas coisas a resolver nesse dia que a camera ficou com minha irmã e o que mais teve foram fotos dos pequenos dela e olha que povinho pequeno mais lindo!!! Destaco essa menininha de rosa e cabelo enroladinho, ela é a cara de Rafa quando Rafa tinha quatro anos, só que é mais simpática!!! Perguntei a ela se ela queria trocar de irmã, me dar a irmã dela (que também é linda) e ficar com a minha, ela disse que queria!!! Não sei o contexto dessa foto, provavelmente bagunça!!!

 
Coisinhas mais lindinhas!!! 


Ah, para essa festa também convoquei os meninos/rapazes da igreja, afinal pessoas que babaram a minha saia me devem algum favor néh?!?! Na verdade os rapazes deram show de paciência, boa vontade, honestidade, compromisso e me encheram de orgulho e satisfação!!! Deus os abençoe sempre!!!

 
Aprendendo a trabalhar com os pequenos!!! 


Por fim, o prazer de ver a Igreja repleta de crianças é o que faz com que nós continue-mos!!! Tudo para a Glória de Deus!!!


2 comentários:

  1. Oi amiga,obrigada pela sua visita e comentário.Sim crises asmáticas,alergias de toda natureza,é um mal,que nos deixa bem para baixo.Tendo de cuidar tudo ao redor,desde alimentação,ácaros e a origem,e tambem animais e o da maioria,o famoso ''pólen".È evitar,evitar e evitar,,,sempre digo,isso não é viver!.

    Quanto a sua postagem, acima,me fez lembrar dos tempos de infância,nós pediamos para nossa mãe nos contar historias de "assombração" .Lá na cidade dos nossos avós,é famosa pelo pessoal ver muitas "assombrações"",não sei a resposta para isso.Nem sei se o pessoal ainda vê,mas adoraaaaaaaaaaaaaava ficar ouvindo.Ela e tios,e avós ,sempre nos falaram que eram verdadeiras,pois muitas vezes não era vista por uma só pessoa,mas várias.
    Eu sentava e ficava atenta.....que saudade!!!!
    Tempo bom e eu sabia...

    bjão
    cleuza

    ResponderExcluir
  2. O Amor nunca deverá ser responsabilizado por dores,perdas ou danos e tem amplos poderes para neutralizar todas as batalhas, sejam elas emocionais, familiares ou sociais...FELIZ DIA DO AMIGO,
    BOAS ENERGIAS!
    Beijos,
    Mari Amorim
    Brincando Com a Rima

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.